fbpx

Nota: Oficina “Por que, para que, e como se organizar?”

No dia 17 de março, o Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder (DACA) teve o prazer de receber, na sede dos diretórios, o monitor do Núcleo de Educação Popular (NEP) 13 de Maio Jeff Vasques, o qual desenvolveu sua oficina intitulada “Por que, para que, e como se organizar?”. Nesta ocasião, os estudantes que estiveram presentes puderam refletir acerca de diversos aspectos da organização social, não apenas no que tange ao movimento estudantil, mas também no que se refere a outras formas de organização, como os sindicatos e partidos.

Além disso, foi possível a percepção de que, por mais que pensemos o contrário, estamos todos organizados, mas organizados de acordo com as concepções e valores hegemônicos em nossa sociedade, os quais são incutidos em nós desde o nascimento por nossas famílias, escolas, universidades, por nossa concepção de gênero, etc. A partir disto, tornou-se claro que, para uma nova e melhor forma de organização social ser possível, precisamos, antes de tudo, nos desorganizarmos. É preciso, portanto, desorganizar para, depois, organizar. Desconstruir para, depois, construir.

Outra ideia essencial discutida foi a importância de se organizar socialmente, consideradas as vantagens que isto traz para que os problemas identificados por um determinado grupo de pessoas possam ser encarados e, finalmente, resolvidos. Vantagens tais como a maior força de mobilização, maior capacidade de propagação das causas, maior proteção contra eventuais retaliações, corrosão da alienação e do individualismo, etc.

Por estas e muitas outras reflexões suscitadas ao longo da oficina, o Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder agradece ao monitor Jeff Vasques por sua presença e deseja que este continue disseminando seu trabalho pelo Brasil e pela América Latina.

Nota Política: UEMG em luta

No dia 20 de março de 2018, estudantes de medicina da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG – Passos) fizeram uma importante manifestação contra determinadas medidas da reitoria e mandaram avisar: “a medicina parou!”.

Com o apoio do Centro Acadêmico Barão de Passos (CABAP) e da Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (DENEM), os estudantes reivindicam melhorias no curso, que sofre com a falta de financiamento que atinge as universidades públicas do país e descaso da Reitoria.

Ler mais

Nota de Encerramento: III Semana de Sexualidade e Gênero

Encerramos a III Semana de Sexualidade e Gênero, este ano organizada pelo Coletivo de Mulheres da Famema, DACA e DAFC.

Na segunda-feira abrimos a semana com a participação dos militantes da Associação Amor, Liberdade e Diversidade Marília: Cin Falchi e Juh Belo. Tivemos a exibição do curta “Corpos visíveis” seguida por uma roda de conversa na qual foi discutida a questão da invisibilidade Trans no movimento LGBTQ+, o genocídio da população T, a falta de acesso à serviços de saúde que atendam suas necessidades, além da carência de profissionais que lidem com esse público culturalmente negligenciado. Também foram citados ganhos do movimento como a abertura do “Ambulatório da Diversidade” na autarquia HC-Famema.

No segundo dia contamos com a presença da Enfermeira Obstetra Thais Paixão Pereira, que conversou com os estudantes sobre a hipersexualização da profissional de enfermagem, a hierarquização entre os vários profissionais que compõe a assistência levando em consideração sua classe e gênero, além da precarização dos serviços de saúde devido aos cortes salariais e demissões dos profissionais de enfermagem para enxugar as folhas de pagamento dos hospitais e como essa situação tende a ser agravar devido a atual conjuntura.

Ler mais

DACA organiza evento em parceria com NEP 13 de maio

Nesses difíceis tempos que vivemos, onde nossos direitos são retirados todos os dias pelo Congresso Nacional e a situação de nossa faculdade se deteriora cada vez mais diante de nossos olhos, não podemos deixar de ter uma sensação de impotência: o que podemos fazer contra esse sistema tão poderoso e com tantas formas de se legitimar?

A Organização Política é a única forma de resistirmos ativamente a esse desmonte, mas nos últimos anos as instituições oficiais de representação política se apodrecem em rede nacional. Pensando nisso, o DACA convidou Jeff Vasques, monitor do Núcleo de Educação Popular (NEP) 13 de Maio, para nos mostrar Por que, para que e Como nos organizarmos.

A atividade acontecerá na sede dos diretórios no sábado após a Semana de Sexualidade e Gênero, as 8:00, com duração prevista até o meio-dia. Será livre de custos e aberto a todos que tiverem interesse.

Convidamos a todas e todos da comunidade para mais esse evento do Diretório!

Semana de Recepção 2018 chega ao final

Chegamos ao final de mais uma semana de recepção e, ainda que cansados, estamos felizes: por mais um ano conseguimos mostrar que é possível fazer uma semana com integração e sem qualquer tipo de hierarquia ou opressão. Foi com esse intuito que elaboramos cada uma de nossas atividades, e é pra isso que nos dispusemos a trabalhar quando entramos no Diretório.

Trouxemos um companheiro de Movimento Estudantil da Unicamp para falar do trote, mostrando como a situação ainda merece atenção, mesmo depois de tantos avanços – inegáveis – nos últimos anos. O trote violento é, como ele demonstrou, uma das faces dessa expressão de relações sociais mais profundas que é o trote.

Ler mais