fbpx

O que você pensa sobre o Exame de Ordem para Medicina?

Tramita no Senado o Projeto de Lei nº 165, de 2017, o qual propõe a implementação de um Exame de Ordem para os formandos de Medicina, sendo a aprovação pré-requisito para o recebimento da para o exercício da profissão médica (CRM).

O Exame de Ordem é uma das propostas para avaliar a formação dentro de uma conjuntura de grande expansão das Escolas Médicas. Em junho de 2018, o Brasil tem um total de 318 cursos de Medicina. Entretanto, é um Exame controverso. A Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM) julga que o Exame de Ordem tiraria a responsabilidade das Escolas Médicas sobre o resultado, uma vez que o estudante já recebeu o diploma, como também enviesaria a formação médica, tornando a preparação para o exame a preocupação central do estudante e favorecendo o mercado de cursinhos preparatórios.

Outros modelos para a avaliação da formação médica já foram testados, como a Avaliação Seriada dos Estudantes de Medicina (ANASEM), Teste do Progresso e o já existente Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE).

Nesse contexto, a Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (DENEM) quer saber: qual a melhor forma de avaliar a formação médica? Para participar, da pesquisa é só acessar o questionário através do link:

bit.ly.com/pesquisaexamedeordem

Deixe uma resposta