ABERTAS AS AS INSCRIÇÕES PARA VETERANOS ANFITRIÕES DO PROJETO CALOURO SEM TETO

O Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder – DACA e o Diretório Acadêmico Fernanda Cenci – DAFC, realizam, há sete anos consecutivos, o Projeto Calouro Sem Teto na FAMEMA. O intuito Do projeto é melhorar a adaptação e o acolhimento dos calouros dos cursos de medicina e de enfermagem, visto que a maior parte dos estudantes vem de outras cidades, e até mesmo de outros estados.

Esse acolhimento promove a integração entre os estudantes, pois além de fornecer moradia temporária, os veteranos auxiliam o calouro na formação de suas redes sociais, na descoberta da faculdade, do método e dos pontos chave da cidade de Marília. Assim, o Projeto promove o surgimento de novas repúblicas e diminui o número de pessoas que desejam morar sozinhas. Evitam-se, também, problemas relacionados à solidão, como carência afetiva, tristeza e dificuldade de relacionamento. Por isso, preocupados com a qualidade de vida dos estudantes da FAMEMA desde o início de sua formação acadêmica, o DACA/DAFC gostariam de realizar juntos, o Projeto Calouro Sem Teto.

Objetivos:

  • Oferecer ao calouro a oportunidade de conhecer os colegas, a cidade e de experimentar a realidade de morar com outras pessoas, para que este possa fazer uma escolha mais consciente e menos frustrante da moradia;
  • Acolher os calouros em um ambiente mais aconchegante e menos solitário, aproximando calouros e veteranos.

Condições:

  • Contas: As contas da residência (água, luz, gás, internet e alimentação) serão divididas igualmente entre os moradores, bem como os gastos com empregada doméstica, caso esta cozinhe ou lave/passe as roupas do calouro. O calouro, também, deverá pagar as ligações interurbanas que realizar. Todos esses gastos devem ser apresentados ao calouro, pelos veteranos, por meio dos documentos oficiais de cobrança. O aluguel, o condomínio e os impostos não serão cobrados do calouro. Nenhuma quantia será paga pelo acolhimento. Outros gastos que possam surgir e não estão explicitados neste documento devem ser acordados entre as partes, durante o período de estadia;
  • É estritamente vedada a prática de trote, assédio moral e abuso de poder nas relações entre os participantes do projeto. O Diretório encontra-se a disposição para eventuais denúncias, condicionando o desligamento permanente dos praticantes ao projeto.

Obs.: Quaisquer descumprimentos às clausulas do contrato ou danos à bens do veterano estão salvaguardados pelo cheque caução sob posse do Diretório.

Duração:

  • O Projeto tem duração de, no máximo, um mês, desde o início das aulas, portanto o DACA/DAFC responsabilizam-se pela estadia dos calouros unicamente por este período. Esse ano, portanto, o projeto durará de 17 de março até 17 de abril de 2014. Podendo veteranos e calouros combinarem entre si datas mais convenientes a ambos para chegada e partida.

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta

Apoio